Os resultados das eleições legislativas de 4 de maio de 2017

APS-Argel

A Frente de Libertação Nacional (FLN) venceu com 164 assentos no parlamento nas eleições legislativas de 04 de maio de 2017, seguido pelo Encontro Nacional Democrático (RND), com 97 assentos, de acordo com os resultados preliminares anunciados sexta-feira dia 5 de maio, pelo Ministro do Interior e das Coletividades Locais, Sr. Nourredine Bedoui.

A taxa de participação nacional nas eleições parlamentares em 2017 é 38,25%, de acordo com os resultados preliminares. Este resultado é menor do que o registrado nas eleições legislativas de 2012 (44,38%).

Além disso, o ministro saudou o ambiente “exemplar e sereno” em que a votação foi realizada, indicando que estas eleições constituem o “primeiro exercício democrático” após a revisão da Constituição “que fortaleceu as liberdades individuais e coletivas, e consolidou o processo democrático, oferecendo garantias sem precedentes para a integridade e a transparência do processo eleitoral”.

Ele recordou, neste contexto, a criação, a favor da revisão da Constituição de 2016, a Alta Instancia Independente de Monitoramento das Eleições (HIISE), que teve um papel “fundamental” nas eleições legislativas de 04 de maio de 2017.

A FLN registrou um declínio em comparação as eleições legislativas de 2012, quando ganhou 208 assentos entre os 462 que compõem a Assembleia Popular Nacional.

O RND que alcançou um avanço significativo ao vencer 97 assentos contra 68 na última legislatura consolidou sua posição como a segunda força política no cenário nacional.

O Movimento da Sociedade pela Paz (MSP) entrou em aliança com a Frente para a Mudança (FC) e ficou em terceiro lugar com 33 assentos, enquanto os outros partidos da aliança do movimento islâmico, ou seja, “El Adala, Nahda e El Bina” ganhou apenas 15 assentos.

O partido Tajamoua Amel El Djazair (TAJ), que participa pela primeira vez em uma eleição parlamentar, ganhou 19 assentos, o que representa um desempenho para esta eleição.

Os resultados também mostram o surgimento dos Independentes que ganharam 28 assentos contra 19 nas eleições parlamentares de 2012 e, portanto, emergem como um importante ator político, especialmente após a proibição do nomadismo político.

No entanto, alguns partidos tradicionalmente presentes no cenário político, registram um declínio no número de assentos, como a Frente das Forças Socialistas (FFS), o Partido dos Trabalhadores (PT) e o Encontro para a Cultura e Democracia (RCD com 09 assentos), que não tinha participado na eleição legislativa de 2012.

Assim, a FFS com 14 assentos contra 27 em 2012, perdeu quase metade de suas cadeiras, e o PT, com 11 assentos contra 24 no componente anterior da APN, perdeu mais de metade. Além disso, os resultados das eleições têm destacado a eleição de pelo menos 118 mulheres, incluindo 50 para a FLN e 32 para o RND.

Aqui estão os resultados alcançados pelos partidos políticos:

Partidos

Numero de assentos  

FLN

164
RND 97
Aliança HMS 33
TAJ 19
Os independantes 28
Nahda-Adala-Bina 15
MPA 13
A Frente El Moustakbal 14
FFS 14
Partido dos Trabalhadores 11
RCD 9
ANR 8
Movimento de Entendimento Nacional 4
PLJ 2
Partido el Karama 3
Partido da Juventude 2
Ahd 54 2
RNR 2
Movimento Infitah 2
Frente do Ativismo Nacional 2
 FDL 2
PNSD 2
FNA 1
Fadjr Djadid 1
El Islah 1
Aliança Takatoul El Fath 1
FNJS 1
UFDS 1
Frente Nacional das Liberdades 1
PRA 1
Aliança pelo Encontro Nacional 1
Aliança Nacional pelo Desenvolvimento 1
Movimento Nacional dos Trabalhadores Argelinos 1
Movimento dos Cidadãos Livres 1
Partido de Justiça e de Proclamação

1

Acontece